Realce obrigatório

Realce obrigatório

O aparador de acrílico do célebre designer francês Philippe Starck precisava de uma ambientação digna de sua beleza e importância. Então, para destacá-lo na sala de estar, a moradora recorreu às arquitetas Mariana Noronha e Sâmra Akad. Colocar uma cor na parede que realçasse a transparência do móvel foi a primeira intervenção adotada e, para essa finalidade, o escolhido foi o papel Ouro Rosa, da Celina Dias, pois, na sala de jantar integrada, já havia um lustre na mesma tonalidade. O próximo passo foi centralizar um imponente espelho veneziano sobre o aparador de 70 cm de largura, trazendo mais feminilidade ao composé. Por fim, a cliente pôde enfeitá-lo, acomodando livros e objetos decorativos a seu gosto.