Cristais e estampas

Numa de suas andanças pela rua 25 de Março, em São Paulo, a artista plástica Ana Cordeiro se apaixonou pelo tecido de voal sintético estampado. Decidiu transformá-lo numa cortina básica de 1,45 m de largura e 2.50 m de altura, com barras de 25 cm em cada extremidade. Para dar charme, pendurou cristais em fios de náilon presos ao trilho suíço. “Dão um efeito de arco-íris quando bate o sol”, diz.