Cristaleira com um toque de idade

Há espaço também para antigüidades. A cristaleira foi um bom achado na rua Cardeal Arcoverde. Como não gostamos de muitos armários na cozinha, queríamos um móvel diferente para guardar as taças e os pratos na sala, diz Manuela, que também curte arte popular. Em um de seus passeios por Tiradentes, ela se encantou com a obra do artista plástico Demóstenes e trouxe dois quadros dele, que também ficam na sala.