Recriar objetos, sinônimo de liberdade

Sempre que voltamos de alguma caminhada pela mata ou subimos da praia trazemos coisas encontradas pelo caminho. É um pedaço de madeira que deve receber ganchos e virar cabideiro; conchas, pedras ou até garrafas vazias, se sua forma e cor forem bonitas. A casa, assim, fica pontuada de recordações. Nesse verão, Carla levou algumas molduras, compradas prontas em São Paulo, e enquadrou uma composição de pedras, que ficou bem interessante. A gente não vai para Trancoso para ficar sem fazer nada, a gente vai para fazer o que gosta. Isso inclui criar a decoração ou inventar receitas na cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>